Principais problemas com recarga de toner

Tempo de leitura: 5 minutos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×
Sem título

Todo escritório necessita de impressoras para auxiliar em seu funcionamento. Hoje em dia, estima-se que 60% dos gastos com materiais destes ambientes são oriundos de suprimentos para impressão.

Muitas vezes, para diminuir estes gastos, as empresas recorrem ao recurso de outsourcing de impressão, que nada mais é do que a terceirização de todo serviço relacionado à gestão de impressão e seus equipamentos.

Por meio da implementação deste serviço, a empresa consegue reduzir custos e aumentar sua produtividade consideravelmente.

O melhor tipo de equipamento de impressão para se possuir em um escritório é sem sombra de dúvidas a impressora e/ou fotocopiadora a laser.

Com a sua rápida velocidade de impressão e sua qualidade incrivelmente satisfatória, estes equipamentos são perfeitos para as atividades que precisam ser feitas nestes ambientes.

O insumo utilizado nessas máquinas são chamados de toners, que por meio de cargas eletromagnéticas e fricção soltam pigmentos em pó de carbono e polímeros que são fundidos ao papel, resultando na impressão de algum texto ou imagem.

As impressoras a laser, no longo prazo, podem se provar extremamente econômicas, visto que, apesar dos cartuchos de toner serem mais caros se comparados com seus concorrentes, cartuchos de tinta, possuem uma capacidade de imprimir muito mais folhas por unidade.

Apesar disso, ainda é possível encontrar diversos problemas com este tipo de impressora e seus cartuchos. Muitos destes problemas estão relacionados diretamente com a qualidade do cartucho que será utilizado e no modo como o equipamento de impressão está sendo manuseado.

Para ajudar a minimizar a ocorrência destes problemas, preparamos este artigo com algumas dicas sobre toner, recargas e soluções eficazes.

Toner: original ou recarga?

Uma das maiores dúvidas entre os usuários de equipamentos de impressão é sobre que tipo de suprimento utilizar em sua máquina.

Os toners originais são normalmente os mais recomendados, entretanto seu preço pode ser bastante salgado.

Para evitar pagar muito caro por estes suprimentos, alguma pessoas optam por comprar toners remanufaturados (recarga) ou compatíveis com a impressora.

Entretanto, é preciso estar atento à algumas considerações a serem feitas.

É muito comum ao pesquisar sobre quais suprimentos de impressão utilizar que se encontrem informações que dizem que os toners recarregados possuem qualidade inferior e podem até mesmo danificar o equipamento de impressão.

Isso realmente possui um fundo de verdade, mas não é em 100% dos casos.

Quando o processo é feito por meio de profissionais qualificados e equipamentos necessários, não há o que temer sobre danos à impressora.

Existem muitas empresas mal intencionadas que utilizam de tintas de qualidade inferior e realizam o processo de recarga de uma maneira não qualitativa.

O resultado disso pode ser catastrófico, visto que o suprimento recarregado de maneira errada pode vazar tinta na impressora e causar danos internos que podem ser até mesmo irreversíveis.

Quem é preocupado com a vida útil de seu equipamento deve ficar ciente sobre alguns fatores quando usa um cartucho remanufaturado.

Um destes fatores é a perda da garantia. Muitas empresas que fabricam impressoras anulam a garantia do equipamento em caso de danos por uso de cartuchos remanufaturados.

Sendo assim, você pode perfeitamente utilizar os cartuchos remanufaturados, mas se der o azar de a impressora estragar justamente por culpa de um problema no cartucho, saiba que sua garantia tem grandes chances de ser anulada.

Sabendo sobre todas estas informações sobre os cartuchos remanufaturados, é possível concluir que não há problema em utilizá-los.

Entretanto é preciso frisar que, os cartuchos originais são os mais recomendados para o uso em sua impressora, visto que são desenvolvidos exatamente para funcionar com o equipamento e passaram por diversos testes de qualidade.

Problemas com recarga de toner

Apesar de ser comprovadamente, se feito corretamente, um processo seguro, a recarga de toner pode apresentar alguns problemas.

Grande parte destes problemas se dá pela utilização do mesmo cartucho diversas vezes.

Um cartucho de toner, quando utilizado muitas vezes, pode resultar em desgaste de alguns componentes essenciais para seu funcionamento.

Quando isso acontece, é possível perceber problemas na impressão como manchas nas laterais e falhas no texto.

Em busca de minimizar estes problemas, é preciso estar atento em como as empresas realizam a recarga de toner.

Empresas que utilizam o mesmo cartucho diversas vezes ou que fazem o processo sem os equipamentos necessários, com certeza disponibilizarão um suprimento de péssima qualidade.

Veja abaixo as falhas mais comuns e suas causas:

O cilindro: Recebe a imagem gerada pelo laser e a projeta no papel.

Erros comuns:

  • Impressão clara devido a um desgaste natural de sua camada fotocondutora;
  • Manchas laterais contínuas decorrente da descamação da película nas extremidades, aonde sofre maior desgaste;
  • Manchas aleatórias que se repetem 4 vezes ao longo da impressão. Geralmente um cilindro suporta quatro recargas.cilindro

Rolo Magnético: Conduz o toner para o cilindro

Erros comuns:

  • Falhas na impressão e baixa resolução;
  • Página em branco.

Rolo PCR: Responsável por retirar a imagem do cilindro e preparar uma nova impressão.

Erros comuns:

  • Manchas aleatórias que se repetem de 7 a 8 vezes.

Lâmina de Limpeza: Responsável pela retirada do excesso de pó de toner no cilindro após a impressão.

Erros comuns:

  • Listas verticais;
  • Em casos mais graves, grandes manchas na impressão.pecas-acessorios-samsung-limpeza-en-impressoras-acessorios-14677-MLB4241814107_052013-Y

Lixeira: Na lixeira é acumulados todos os detritos e restos de toner. Atenção: O toner contido na lixeira está contaminado e não pode ser recuperado/reutilizado, ou seja, deve ser descartado.

Erros comuns:

  • Quando muito cheias, começam a vazar e manchar a folha, às vezes por completo;
  • O pó de toner pode ficar acumulado somente de um lado da lixeira e começar a transbordar, causando manchas parciais.

Conclusão

A recarga de toner pode ser uma ótima solução para quem busca economia.

Entretanto, é preciso estar atento sobre como o processo de recarga foi realizado e qual a garantia que a empresa que fornece este serviço fornece.

E você? Prefere utilizar toners originais, compatíveis ou recarga?

Converse com um de nossos especialistas e conheça nossas soluções.

Comentários no Facebook